Blind Guardian

logo linda  Porra, hoje eu acordei com uma vontade insana de ouvir a minha banda preferida, com essa vontade me vieram lembranças no momento, de como eu era um mala para poder ouvir uma banda ou fazer determinada coisa…

Lembro quando um amigo me passou o Nightfall In The Midlle-Earth (1998) blind guardian nightfall  e eu ouvia o cd e pensava caramba que cd enjoado, não tem muitas musicas porradas e o vocal parece estranho… Mal eu sabia que aquilo era apenas um chamado. No outro dia tentei novamente peguei o Somewhere Far Beyond (1992)blind guardian somewhere Nossa lembro a emoção que eu tive ao ouvir Time What is Time, Ashes to Ashes, The Bard Song – The Hobbit, Trial By Fire e a tão emocionante Somewhere Far Beyond e foi nesse dia que eu notei o quanto o Blind Guardian era uma banda grande, uma banda que me conquistava a cada musica a cada nota musical, os solos são ótimos, o vocal do Hansi me fascina seus agudos meio graves são maravilhosos.

Lembro que depois de um tempo eu comecei uma caminhada em busca de mais e mais informações sobre a banda, quando morava em Belém eu treinava meu inglês traduzindo as musicas do Blind, depois de um tempo tornei uma obsessão minha ter a coleção completa, consegui mas eu achava estranho ter os cds abertos… Então eu comecei a comprar os cds lacrados para que eles pudessem sempre ficar ali guardados sem ninguém mexer!! Assim aconteceu quando eu consegui completar as minhas duas coleções…

blind guardian antigo

A banda foi formada em 1980 em Krefeld na Alemanha e se apresentava com o nome de Lucifer’s Heritage, nome com o qual lançou duas demos, a Symphony of Doom (!984) e o Battalions Of Fear (1986) depois a banda assumiu o nome de Blind Guardian e lançou através de um selo independente o álbum Battalions Of Fear (1988), formada por Hansi Kursch nos vocais e no baixo de 1984 até 1995, André Olbrich na Guitarra, Marcus Siepen também na Guitarra, e hoje Frederick Ehmke na bateria, que está no lugar de Thomas “Thomen” Stauch que deixou a banda em 2005.

blind guardian

O Blind Guardian é uma das poucas bandas que resiste ao tempo com a formula parecida, com um rotulo inexistente a banda passa por mudanças a cada álbum, começando com um Power/Speed metal no inicio, chegando a um Power Metal bem carregado em Tales From The Twilight World (1990) e mudando totalmente com a chegada do tão aclamado pela critica musical internacional Nightfall In The Midlle-Earth (1998), e com uma grande mudança em A Night At The Opera (2002).

Produzindo musicas que falam de assuntos de fantasia medieval como em The Maiden And The Ministrel Knight do A Night At The Opera, ou em Mordred’s Song do Imaginations From The Other Side que fala da história do Rei Artur ou Valhalla do album Follow The Blind que fala sobre como morriam os guerreiros nórdicos…

Em 2000 o vocalista Hansi Kursch em conjunto com o guitarrista Jon Schaffer (Iced Earth) formaram um sub-grupo conhecido como Demons & Wizards que lançou dois álbuns o primeiro intitulado Demons & Wizards (2000) e o segundo Touched By Crisom King (2005), que foi baseado na obra a Torre Negra de Stephen King.

blind guardian hansi e iced

1980 até 2010 são 30 anos de banda, o Blind Guardian tem praticamente 30 anos de existência e continua fazendo o que melhor sabe, produzir som de qualidade, sempre de alta qualidade. De acordo com informações postadas no twitter oficial da banda o guitarrista André Olbrich disse que o processo de gravação do novo cd já encaminhado, portanto para 2010 no máximo em 2011 teremos em mãos ou no PC, mais um trabalho bárbaro dos mestres do Blind Guardian. O melhor de tudo é saber que eles ainda podem vir para o Brasil… e adivinha só? Dessa vez eu vou… perdi o ultimo show mas dessa vez não passa por nada!!

3 Comentários »

  1. Natan Said:

    pow, tu não gostou do nightfall at middle earth logo na primeira vez q ouviu? as duas músicas q eu mais gosto deles são desse album, nightfall e the curse of feanor 😄 mas eu não conheço mto, só as clássicas tipo the bards song, valhala, imaginations from the otherside (bem q tu podia me passar a discografia qlqr dia desses =D)

    curisosamente, hj eu tava ouvindo uma música do queen q não lembro o nome e pensei ‘essa música me lembra alguma banda…’ e depois de pensar a um tempo, percebi q a música me lembrava alguma do blind guardian, q tbm não lembro o nome😄

    ah… e tu é tão nerd q pra falar de metal no teu blog, foi falar logo de blind guardian auahauahuaha =D
    flws!

    • antimentor Said:

      Então eu preferi o Somewhere por causa da energia que ele passa, muito maior do que o Nightfall passava, na época eu ainda não tinha lido o Senhor dos Aneis depois de ler o livro é q eu me encantei mais pelo album!! =p
      A musica do Queen é Spread Your Wings, e tem também do Beach Boys que são Barbara Ann e Surfing USA, eles fazem covers absurdos que ficam perfeitos, a mistura do Surf Rock da decada de 80 do Beach Boys e do Thrash Metal do Testament resultam em uma banda muito decente que sobrevive a mais de 20 anos com a formula perfeita!!
      Valeu Natan te passo a disco q ta no meu celular!

  2. Renan Said:

    O Nathan falou tudo aqi!!!
    ahauhauaha
    (mas não acredito q tu não gostou de cara de Blind)😄


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: