Gerações e Gerações…

Fazia um tempo que eu não postava no blog, mas essa falta de tempo está deixando minha vida muito cansativa… Enfim vamos ao que interessa, estive pesquisando vários assuntos para fazer um post bem interessante e esses dias me deparei com um assunto que eu realmente não sabia…

Atualmente estamos na 7ª geração de vídeo games que existem, começando em 1975, com o não tão famoso Magnavox Odyssey, da primeira geração odyssey 2 que também conhecido como Odyssey 100 o vídeo game era tão foda na época que o console tinha apenas 2 jogos, Tennis e Hoquey, os outros consoles como Telejogo I e II, o Pong e o Color Tv não fizeram o mesmo sucesso que o Odyssey 100.

SEGUNDA GERAÇÃO.

Nesta geração temos apenas um nome que conquistou a todos, o tão famoso até hoje ATARI 2600, fabricado em 1977 nos Estados Unidos e em 1983 no Brasil o Atari foi a revolução para os jovens da década de 80, o símbolo de uma evolução, muitos jogos do famoso Atari ainda estão na mente de muitos hoje adultos…

Atari-woody

Especificações técnicas

  • Bits: 8 bits
  • CPU: Variante do processador 6502 (Real: 6507)
  • Freqüência de operação: 1,19 MHz
  • Memória RAM: 128 Bytes
  • Memória ROM: 4 kB.
  • Resolução: 160×192 (NTSC) / 160×228 (PAL)
  • Cores: 128 cores no sistema NTSC, pouco menos no sistema PAL.
  • Som: 2 canais (cada um com um chip próprio)

Que possuiu um modelo desses lembra de jogos como Pac Man, Space Invader (que se tornou um clássico dos famosos árcades). O console era maravilhoso para a sua época (eu tinha um até alguns anos atrás), mas acabou caindo em declínio quando houve uma produção de jogos por outras empresas e um grupo de mulheres dos Estados Unidos resolveu processar a empresa que produzia o vídeo game por criar jogos com conteúdo de sexo explicito. De acordo com o processo o homem Americano tinha que desviar de flechas que eram atiradas contra ele, enquanto ele seguia até uma índia bela com poucas roupas no qual ele faria sexo com ela. Depois disso o console não conseguiu se re-erguer e faliu. =/

TERCEIRA GERAÇÃO

Aqui neste ponto chegamos a uma época de consoles onde os gráficos eram mais importantes do que apenas histórias, foi aqui que as imagens começaram a ser melhoradas, foi o surgimento das guerras entre os consoles, com o surgimento do famoso Master System, Nes (o famoso Famicom ou o Nintendo) e o Atari 7800, os dois primeiros foram sucesso garantidos enquanto o Atari ficou para trás já que possuía um “Passado Negro”.

O Master System:

sega-master-system

Especificações

  • CPU: Zilog Z80 8-bit 3 579 545Hz (3.58MHz) em PAL/SECAM e NTSC
  • Gráficos: Chip customizado da SEGA baseado do modelos Texas Instruments TMS9918/9928 com várias adições
  • 384 Kbits ROM, jogos usam método de mudar páginas (cada página é 128Kbit) para ter acesso a toda a área do cartucho
  • Som: Texas Instruments SN76489 4 canais mono (chip FM YM2413 disponível apenas no aparelho Japonês)
  • 64 Kbits (8KB) RAM
  • 128 Kbits (16KB) Video RAM
  • 32 cores simultâneas de 64 disponíveis (pode também exibir 64 cores simultâneas com certos métodos de programação)
  • Resolução de tela de 256×192 (Alguns modelos podem suportar outras resoluções além desta)
  • 3 geradores de som quadrado + 1 gerador de som de Ruído branco
  • 1 slot para cartuchos
  • 1 slot para cartões (descartado em modelos posteriores)
  • 1 slot de expansão (não usado fora do Japão)

Lembro que eu ia jogar bastante no Master na época em que casas de vídeo game eram bem famosas, jogos fodas como Alex Kidd in Miracle World, Alex Kidd in The Lost Star, Sonic the Hedgedog (a primeira parte que saiu para Mega Driver alguns anos depois), Mônica no Castelo do Dragão (Sim um jogo da Turma da Mônica o clássico de Mauricio de Souza), o Master começou a trabalhar com sons novos e de forma estéreo, não eram mais apenas jogos simples e sim com mais conteúdo, Sonic é até hoje o jogo da Sega.

Nunca esqueci a primeira vez que coloquei as mãos em um controle de Master, nossa era muita emoção na época, eu era moleque e não sabia o que ainda viria pela frente, mas vamos continuar!

NES (Famicom ou Nintendo)

nes-console1

Temos ai um console que eu não curti mto, acredito que a Sega me fascinava mais do que a Nintendo naquela época, o começo da década de 90 foi muito bom para esses consoles, o que mais me abrilhantava os olhos no Nintendo eram o Mega Man e o Mario Bross, os jogos eram bons, mas eu sinceramente não gostava muito achava os jogos muito infantis, sei lá sempre achei alguns títulos da nintendo bem infantis…

Especificações Técnicas

CPU: Processador de 8-bit desenvolvido pela Ricoh baseado na arquitetura MOS 6502, com hardware de som customizado e um controlador de DMA restrito.

  • Diferenças regionais

    A versão NTSC, chamada de RP2A03, funciona com a freqüência de 1.79 MHz; esta CPU também foi utilizada nos hardwares do PlayChoice-10 e Nintendo Vs..

  • A versão PAL, chamada de RP2A07, funciona com a freqüência de 1.66 MHz.
  • RAM principal: 2 KiB + memória RAM expandida (se presente no cartucho).
  • ROM: Até 48 KiB para a ROM, RAM expandida e I/O do cartucho; a técnica de bank switching pode expandir consideravelmente este limite.
  • Áudio: Cinco canais sonoros.
  • 2 canais de onda senoidal com ciclos de trabalho variáveis (25%, 50%, 75%, 87.5%), controle de volume de 16 níveis, suporte a pitch-bend via hardware e freqüências que variam de 54Hz a 28kHz.
  • 1 canal de onda triangular de volume fixo, com freqüências varando de 27Hz a 56kHz.
  • 1 canal de ruído-branco com controle de volume de 16 níveis e suporte a dois modos (ajustando-se as entradas de um LFSR – Linear Feedback Shift Register) em 16 freqüências pré-programadas.
  • 1 canal de modulação de código delta pulse (DPCM) de 6-bit, utilizando codificação delta de 1-bit com 16 taxas de amostragem pré-programadas, variando de 4.2 kHz a 33.5 kHz; também capaz de reproduzir som PCM padrão utilizando valores individuais de 7-bit em intervalos temporizados.

Unidade de processamento de imagem (GPU): Processador de vídeo customizado da Ricoh

Diferenças regionais

  • A versão NTSC, chamada de RP2C02, funciona com a freqüência de 5.37 MHz e possui saída de vídeo composto.
  • A versão PAL, chamada de RP2C07, funciona com a freqüência de 5.32 MHz e possui saída de vídeo composto.
  • A versão encontrada no PlayChoice-10, chamada de RP2C03, funciona com a freqüência de 5.37 MHz e possui saída RGB (em freqüências NTSC).
  • As versões encontradas no Nintendo Vs. Series, chamadas de RP2C04 e RP2C05, funcionam com a freqüência de 5.37 MHz e possuem saída RGB (em freqüências NTSC) utilizando paletas de cor irregulares, a fim de prevenir a troca fácil das ROMs dos jogos.

Paleta: 48 cores 5 cinzas na paleta básica; o vermelho, verde e azul podem ser escurecidos individualmente em regiões específicas da tela, utilizando-se código cuidadosamente temporizado.

Cores na tela: 25 cores em uma varredura (cor de fundo + 4 conjuntos de 3 cores de tiles + 4 conjuntos de cores de 3 sprites), não incluindo o de-emphasis cromático.

Sprites suportados pelo hardware

  • Máximo de sprites na tela: 64 (sem recarregar os sprites do meio da tela).
  • Tamnho dos sprites: 8×8 ou 8×16 pixels (selecionados de maneira global para todos os sprites).
  • Número máximo de sprites em uma varredura: 8, utilizando um sinalizador para indicar quando sprites adicionais são pulados (para permitir ao software rotacionar as prioridades dos sprites, causando flicker).

Memória interna da GPU: 256 bytes de memória de RAM para as posições/atributos dos sprites ("OAM") e 28 bytes de memória (para permitir a seleção das cores de fundo e dos sprites) em barramentos separados dentro da GPU.

Memória externa da GPU (Memória de vídeo): 2 KiB de memória RAM na placa do NES para mapeamento e atributos de tiles + 8 KiB de memória ROM ou RAM no cartucho para padrões de tile (com o bankswitching, teoricamente qualquer quantidade poderia ser usada, mas com aumento nos custos de produção).

Scrolling layers: 1 layer, embora a rolagem horizontal pudesse ser alterada em uma base individual para cada linha (bem como a rolagem vertical, utiliando técnicas mais avanças de programação).

Resolução: 256×240 pixels, embora a maioria dos jogos NTSC utilizasse apenas 256×224 já que as 8 linhas de varredura do topo e da base não eram visíveis na maioria dos televisores (devido ao overscan); para se obter largura de banda adicional para a memória de vídeo, a tela podia ser desativada antes que o raster atingisse a parte inferior.

Saída de vídeo

NES: saída RCA composto e saída por modulador RF.

Famicom e NES 2: apenas saída por modulador RF.

  • AV Famicom: apenas saída de vídeo composto, através de conector proprietário da Nintendo, inicialmente introduzido pelo Super Famicom/SNES.
  • Nintendo Vs. Series: saída de vídeo RGB invertida.
  • PlayChoice 10: saída de vídeo RGB invertida.

QUARTA GERAÇÃO

Aqui temos os vídeo games da quarta geração, neste ponto temos a maior e mais fervorosa flame war de vídeo games que já existiu, foi na época do surgimento do tão famoso SNES (Super Nintendo) e do Mega Driver, foi também quando surgiu o Neo Geo e o Game Boy.

Super Nintendo

super20nintendo

Sim esse sim foi um vídeo game dos grandes, porra cada jogo era um novo esplendor de novidades, os gráficos melhoraram absurdamente, foram criados jogos com conteúdo maior e com melhores trilhas sonoras, o console usava 16 bits o dobro dos modelos antigos do Master System, no Japão a venda do SNES foi absurda e no ocidente foi mais ainda, os títulos são incontáveis, e muitos títulos ficaram marcados na mente de muitos jovens, lembram quando eu falei que não gostava muito do NES, com o SNES foi o contrario, Crono Triger, Breath of Fire 1 e 2, Battletoads, Top Gear 1, 2 e 3000, Street Fighter, Donkey Kong 1, 2 e 3, Super Mario, Killer Instinct, Mortal Kombat, Final Fantasy II até o VI, Mega Man 7, X, X2, X3, Super Metroid.

Isso é apenas o começo de uma enorme lista de jogos que o console poderia proporcionar! =D sim o console era foda demais! Eu virava dias jogando, lembro que antigamente os jogos vinham com uma bateria no cartucho (jogos) e sem elas não era possível salvar o jogo, lembro que eu jogava de manha até a noite o Donkey Kong para conseguir zerar, pois se eu desligasse perdia o jogo todo. Super Metroid é outro jogo absurdo, demora pacas para zerar o jogo é muito muito bom mas agora imagina ai sem as baterias para salvar, como joga?

Especificações Técnicas

  • Principal:
    • Unidade de Processamento Central (CPU): 16-Bit – CMD/GTE 65C816 (Western Design Center) customizado (CISC) 5A22 e contem 2a03.
    • Clock: 1.79MHz, 2.68MHz ou 3.58 MHz (variável)
    • Memória (RAM) Cache para o processador principal: 1 Megabit (128 KB)
  • Gráfico:
    • Unidade de processamento de imagens (PPU): 16-Bit
    • Memória de vídeo (Video RAM): 1 Megabit (128 KB)
    • Resolução: 512 pixels x 448 pixels; 256 x 224
    • Paleta de cores: 32,768
    • Número máximo de cores na tela: 256
    • Tamanho máximo dos sprites: 128 x 128 pixels
    • Número máximo de sprites: 128 sprites
  • Outros:
    • Resposta do controle: 16ms
    • Adaptador: entrada – 120 VAC, 60Hz, 17 Watts
    • Adaptador: saída – 10 VDC, 850ma (NTSC), 9 VAC (PAL)
    • Mídia de armazenamento: cartucho com até 6MBs (ou 48Mbs)
    • Sistema de cores: NTSC (60Hz): EUA, Japão; PAL (50 Hz): Europa; PAL-M: Brasil;

MEGA DRIVER

mega-drive 

Nossa quase eu choro lembrando quantas horas eu passei jogando nessa coisa linda ai de cima, o Mega foi o meu primeiro vídeo game, ganhei na ultima vez que estive em Fortaleza, mais ou menos 14 anos atrás, jogos como Eco The Dolphin, Sonic todos, entre outros faziam minha cabeça, achava incrível como Sonic 2 Sonic and Knucles tinha a capacidade de permitir acoplar outro jogo do Sonic para melhorar o jogo liberar novas fases e novos personagens, caramba lembro bem do dia que eu zerei Sonic the Hedgedog sem as esmeraldas e o Sonic dourado, deu um puta trabalho mas foi muito foda!

O Mega Driver foi um vídeo game que me deu muita felicidade, os jogos eram fodas demais, até hoje ainda tenho o jogo “Onde está Carmem Sandiego” sim em português, a Tec Toy traduzia alguns jogos, pois possuía uma fabrica aqui no Brasil e o Tartarugas Ninja em suas respectivas caixas originais, podem não valer nada em dinheiro hoje mas valem bastante para mim! Não vou me alongar vamos continuar =D

Especificações Técnicas

  • Processador: Motorola MC68000 de 16-bits, com clock de 7,6 MHz
  • Co-Processador Z-80, com clock de 3,8 MHz
  • Memória RAM principal de 512kb
  • Vídeo: 512 cores disponíveis e 64 cores simultâneas
  • Áudio: 10 canais de áudio, estéreo
  • Memória RAM para som: 128kb
  • Dimensões (larg X alt X comp): 28,5 x 5 x 22,5 cm
  • Peso: 2,7 kg
  • Mídia de armazenamento: Cartuchos

QUINTA GERAÇÃO

Chegamos a uma época que os gráficos precisavam ser refeitos, a empresa Sony entrava no mercado com o seu poderoso Playstation One, com seus 32 bits, o dobro do que era produzido pela geração passada SNES e Mega Driver, logo a Nintendo veio e lançou o fiasco Nintendo 64, com o dobro da capacidade do playstation One, só que com o diferencial dos jogos, então conversemos…

PLAYSTATION ONE

sonyps16pt

Lançado em 1994 o Play1, trazia muitas mudanças que também iriam mudar aquela geração, trazendo um processador mais potente de 32bits, o console também trabalhava com uma nova mídia de armazenamento, ao invés de cartuchos agora eram cds, isso tornava mais fácil a distribuição dos jogos, como bom brasileiro que sou sempre procurei pelos meios alternativos da época, os cds piratas.

Nunca tive um ps1, mas lembro que eu passava o dia todo literalmente em casas de jogos novamente para tentar zerar jogos como Mega Man x4, Final Fantasy 7, 8 e 9, Castlevania, entre outros, eram muitos títulos e parece que cada dia saia um jogo novo, com a pirataria os jogos chegavam muito fáceis a qualquer pessoa. Naquele tempo ter um vídeo game desse porte era bem caro, tão caro que eu nunca tive um =/, mas sempre joguei na casa de alguém que tinha…

Especificações

CPU

  • R3000A 32bit RISC chip @ 33.8 Mhz – Fabricado pela LSI Logic Corp
  • Centro de capacidade: 30 MIPS
  • Largura de banda: 132 Mb / s

3D Geometry Engine

Calculadora de matriz de alta velocidade

  • Centro de capacidade: 66 MIPS
  • 1,5 milhões de polígonos flat-shaded / sec
  • 500.000 textura mapeada e leve-sourced polígonos / sec

Data Engine (MDEC)

  • Centro de capacidade: 80 MIPS
  • CPU, ligação de autocarro directa
  • Também compatível com JPEG, arquivos H.261

Som

  • ADPCM, 24 canais
  • Frequência de amostragem: 44,1 kHz

Gráficos

  • 16,7 milhões de cores
  • Resolução: 256×224 – 740×480
  • Sprite / desenho BG
  • Frame buffer ajustável
  • Não há restrição de linha
  • Unlimited Cluts (Color Look-Up Tables)
  • 4.000 8×8 pixel sprites com escala e rotação individual
  • Backgrounds simultânea (movimento paralaxe)
  • 360.000 polígonos / sec

Memória

  • RAM principal: 2 Megabytes
  • VRAM: 1 Megabyte
  • Sound RAM: 512 K
  • CD-ROM buffer: 32K
  • Operating System ROM: 512K
  • Cartão de memória RAM para guardar dados: 128K EEprom

CD-ROM

  • Double speed
  • XA-Compliant
  • Multiplayer: permite que até 8 jogadores joguem simultaneamente com joysticks e multitaps.

Um puta vídeo game o Playstation 01, lembro que qualquer importador tinha a versão Paraguaia do console como Polystation que custava em torno de 50 reais e trazia 10.000.000 de jogos na memoria interna, porra eram apenas 10 e todos se repetiam, que absurdo!! Até hoje quem tem mais de 20 anos e jogou muito vídeo game sabe bem o quanto o PS1 foi comparado com o SNES, que mesmo sendo de uma geração abaixo da sua ainda fez muita história diferente do nosso próximo colega ai:

NINTENDO 64

willmatemu64

Especificações técnicas

  • Desenhado pela Silicon Graphics;
  • CPU: R4300i 64-bit, clock: 93.75 MHz, 125MIPS;
  • Co-processador Cop0, Cop1, Cop2 (RCP) 64 bits, clock: 62.5 MHZ;
  • RAM 4MiB (8MiB com Expansion Pack) Rambus;
  • Paleta de cores Truecolor (24/32 bit), com resoluções variando entre 256×224 e 640×480. Processamento 3D: 160MIPS, 800 mil polígonos texturizados por segundo;
  • Som usa os co-processadores, 44.1 kHz, até 100 canais e 48 kHz de fidelidade de reprodução, suporte a formato PCM. Efeitos especiais: Voice (w/ Pitch Shifting), Gain and Pan e Reverb/Chorus;
  • Efeitos Texturas, fog, efeitos de luz e transparência, filtro bilinear, Z-buffer.

Com o dobro da potencia do seu rival o Nintendo 64, chegou ao mercado em 1996, trazendo uma inovação de todos os tipos, os gráficos, os sons, o controle novo, mas tudo isso não foi o suficiente, pois o console não se deu muito bem, a concorrência era desleal, comecemos pelos jogos, era difícil encontrar jogos piratas para o N64, enquanto qualquer casa que tivesse um 486 DX2 com uma gravadora de cd, era possível ter o seu jogo a qualquer hora.

O controle era muito estranho, o controlador analógico e o digital forçavam o jogador a usar diferentes meios o controle, fora que quando usava o controle analógico era impossível usar o botão “Z” que ficava embaixo da alavanca do controle…

A quantidade de jogos era outro ponto a ser estudado, com gráficos ótimos o console ainda sentia falta de novidades, o Mario 64 era lindo, mas em compensação jogos como Castlevania em 3D deixaram o jogo horrível, quem jogou Starcraft no PC e jogou aquele negocio no N64 se decepcionou…

Entretanto o vídeo game teve títulos que se salvaram, e que o salvaram também como Smash Bross, Star Fox 64, 007. A possibilidade de jogar 4 pessoas ao mesmo tempo era muito legal, o problema era realmente que os jogos mais divertidos precisavam dos 4 players, nesse caso se você não tivesse muitos amigos para diversas rodadas ficaria jogando sozinho, jogos sem graça…

Próxima Geração:

SEXTA GERAÇÃO

E agora? Chegamos a sexta geração, com novos avanços tecnológicos e novos aparatos os vídeo games se colocam mais uma vez a frente da sua época e provam que isso não é mais coisa de criança. Nomes famosos surgem aqui, o inicio dos anos 2000 revelam muitas surpresas, Dreamcast, Xbox, Playstation 2, Game Cube são só os nomes mais importantes, foi nesse período de tempo que eu notei que jogar vídeo game havia se tornado algo realmente caro. Vamos parar de blá blás e começar a dissecar os consoles dessa “era”…

Dreamcast

dreamcast

Especificações

  • Processador: Hitachi SuperH4 (SH4) de 64 bits (erroneamente dito ser de 128 bits) a 200Mhz.
  • Memória: 26 Megabytes (16MB DDR de memória principal do sistema, 8MB DDR para vídeo e 2MB para o sistema de som).
  • Áudio: Processador de som Yamaha de 64 canais (45 MHz).
  • Gráficos: GPU NEC PowerVR Series II – 128 bits, 100 MHz e 8MB de memória DDR, capacidade de 7 milhões de polígonos/segundo. Com suporte à diversos efeitos gráficos como trilinear filtering, gouraud shading, z-buffering, anti-aliasing and bump mapping.
  • Taxa de preenchimento de pixels: 100-300 Mpixel.
  • Sistema operacional Windows CE customizado e API DirectX próprio.
  • Compatível com MP3 (usando programa de player específico), vídeos mpeg e mpeg2 e DiVX (também usando players específicos).
  • Drive de CD-ROM: Yamaha 12x GD-ROM drive.
  • Portas: 4 portas para controles, teclado, mouse e outros dispositivos e uma porta serial e uma de expansão.
  • Comunicação: Modem (EUA/Japão: 56Kbps, Europa: 33.6Kbps, vendido separadamente em alguns países) e Broadband adapter padrão ethernet 10/100 mbps para conexão em rede de computadores e ADSL. (também vendido separadamente)
  • Peso: 1,9 kg.
  • Devido ao seu Processador Yamaha de som possuir 64 canais o Dreamcast possui uma qualidade de som incrível.
  • Mídia: GD-ROM com até 1,2GB de capacidade, também compatível com CD-ROM e CD-R de diversos formatos de gravação (suporta discos gravados em overburn mode).

O ultimo suspiro de uma empresa que já foi uma das maiores do mundo dos games, a Sega, aqui temos um console que era anos luz a frente dos seus concorrentes, morrendo na praia… Cheguei a jogar bastante no console lá na Fox Games, nossa quanto tempo que eu não lembrava disso, se minhas memorias tivessem poeira eu teria uma crise de rinite agora, mas enfim voltando ao assunto, jogos como Sonic Adventure eram legais o problema era que as Houses de game acertarem a mão para fazer um game decente para o console, fora que nessa época poucas houses podiam investir no console já que a grande maioria estava atolada de produções para os outros concorrentes deixando a Sega na mão…

Resident Evil Code Veronica era um jogo interessante, mesmo detestando RE, eu gostei mais de jogar essa versão no Dreamcast do que no ps2, no console também tinha o jogo do Berseker, joguei pouco, mas depois de uma jogatina de uma tarde e espremer o controle era capaz de sair sangue hehe o jogo era muito bom, mas como já disse o console morreu na praia =/

GAME CUBE

NintendoGameCube-R2

Especificações Técnicas

CPU
  • Nome: "Gekko"
  • Produtor: IBM
  • Base do core: PowerPC 750CXe (versão modificada do PowerPC G3 750 RISC, com 50 novas instruções)[4]
  • Dimensão do chip: 43mm²
  • Processo de fabricação: Tecnologia IBM Copper Wire (fios de cobre) de 0,18 microns
  • Número de transistores: 21 milhões
  • Frequência de Clock: 485 MHz
  • Capacidade da CPU: 1125 Dmips (Dhrystone 2.1)
  • Precisão de dados internos
    • 32 bit Integer
    • 64 bit Floating-point, usado como 2×32 bit
  • Tranferência de dados externa:
    • 1.3 GB/s (Máximo)
    • Endereçamento 32 bit
    • Pacotes de 64 bit a 162 MHz
  • Cache Interno
    • L1: Instrução 32KB, dados 32 KB (8 vias)
    • L2: 256 KB (2 vias)
GPU
  • Nome: Flipper
  • Produtor: ArtX/Nintendo (A ArtX foi adquirida em 2000 pela ATI Technologies, que foi adquirida pela AMD em 2006)
  • Dimensão do chip: 106 mm²
  • Processo de fabricação: tecnologia de 0,18 microns NEC DRAM acoplada
  • Número de transistores: 51 milhões
  • Frequência de Clock: 162 MHz
  • Buffer de frame acoplado:
    • Aproximadamente 2MB de capacidade
    • Latência sustentável de 6.2 ns (nanosegundos)
    • RAM tipo 1T-SRAM
  • Cache de texturas acoplado:
    • Aproximadamente 1 MB de capacidade (permitindo ao equivalente de 6MB de texturas não-comprimidas para serem armazenadas usando a tecnologia S3TC)
    • Latência sustentável de 6.2 ns (nanosegundos)
    • RAM tipo 1T-SRAM
  • Transferência de Leitura de Texturas: 10.4 GB/s (máximo)
  • Velocidade de acesso à memória principal 2.6 GB/s (máximo)
  • Taxa de Preenchimento de Pixels: 648 Megapixels/segundo (162 Mhz x 4 Pipelines)
  • Cores:
  • Funções de processamento de imagens:
    • Neblina
    • Subpixel anti-aliasing
    • Controle horizontal e vertical de sombra (8x)
    • Alpha blending
    • NURBS
    • Transparência
    • Environment mapping (simulação de superfícies espelhadas)
    • Design de textura virtual
    • Mapeamento multi-texturas
    • MIPMAP
    • Filtro bilinear
    • Filtro trilinear
    • Filtro anisotrópico
    • Descompressão de texturas em tempo real (S3TC)
    • Descompressão da lista de display em tempo real
Especificações de Áudio
  • Processador: Macronix DSP modificado
  • Frequência de clock: 81 MHz
  • Memória para Instrução:
    • 8 KB para RAM
    • 8 KB para ROM
  • Memória para Dados:
    • 8 KB para RAM
    • 4 KB para ROM
  • Número de Canais de Som Simultâneos: 64
  • Codificação: ADPCM
  • Qualidade do Sinal Digital: 16 bit
  • Frequência de Sampling (Amostragem): 48 KHz
  • Sinal "Dolby Pro Logic II" através da "Saída Analógica"
  • Sinal AC3 através da "Saída Digital" com o cabo D-Terminal
Outras Especificações do Sistema
  • Capacidade de Floating-Point (Ponto Flutuante) do Sistema: 10.5 GFLOPS (máximo)
  • Número de Polígonos em Tempo Real: 6 a 12 milhões (máximo, assumindo condições de jogo com modelos complexos, totalmente texturizados, iluminados, etc)
  • RAM Principal:
    • Aproximadamente 24 MB de capacidade
    • Latência Sustentável: 10 ns (nanosegundos)
    • RAM tipo 1T-SRAM
  • RAM Auxiliar:
    • Aproximadamente 16 MB de capacidade
    • Clock de 81 MHz
    • RAM tipo DRAM
  • Drive de Disco:
    • Tipo: CAV (Constant Angular Velocity – Velocidade Angular Constante)
    • Tempo de Acesso Médio: 128 ms (milisegundos)
    • Transferência de Dados: Entre 2 e 3.125 MB por segundo
  • Mídia:
    • Baseada na Tecnologia DVD
    • 8 cm de diâmetro
    • Produzido pela Matsushita (também conhecida como Panasonic)
    • Aproximadamente 1.5 GB de capacidade
  • Portas para Controles: 4
  • Portas para Memory Cards: 2
  • Saída AV Analógica: 1
  • Saída AV "Digital": 1 (retirada dos modelos fabricados a partir de maio de 2004 – modelo DOL-101)
  • Porta Serial de Alta Velocidade: 2
  • Porta Paralela de Alta Velocidade: 1
  • Alimentação: Adaptador AC 12 volts x 3.25 Amperes
  • Dimensões: 150 mm (largura) x 110 mm (altura) x 161 mm (profundidade)
Mídia

O GameCube Optical Disc é um disco óptico de 8 centímetros, o formato conhecido por miniDVD. A capacidade é 1,5 GB. Fora escolhido pela Nintendo por ser mais difícil de falsificar que CDs/DVDs comuns, além de ter um tempo de leitura/carregamento bem menor do que as mídias dos seus concorrentes Xbox e PlayStation 2. A mídia, no entanto, não emplacou, e seu sucessor, o Wii voltou a adotar a mídia padrão, o DVD5.

Controle

O controle foi desenhado para se adequar melhor nas mãos, e tem a função Rumble (tremer) embutida. O controle tem os tradicionais botões direcionais em forma de cruz (D-pad), e como o DualShock do PlayStation, possui duas alavancas analógicas. Seus botões são o Start/Pause, os botões de ação A (verde), B (vermelho), X e Y (prata), gatilhos R e L nas bordas (que afundam com apenas um toque) e o botão Z (posicionado sobre o R). Há uma versão wireless, que usa pilhas e funciona por radiofrequência, o Wavebird.

Depois da grande porcaria que o N64 foi, a Nintendo resolveu apostar alto novamente, com um console dessa vez mais bonito aos olhos e ergonômico em seu espaço o Game Cube chegou com uma nova proposta, inovar em gráficos diferentes para chamar a atenção de todas as idades, a mudança nos controles também foram muito interessantes, tornando a jogabilidade bem melhor que a do antecessor e podendo conectar o game boy advanced como controle.

Os títulos chefes do Game Cube foram os do Zelda, The Wind Waker, Metroid Prime, Pokemon, Super Mario Sunshine e o mais vendido do console Super Smash Bross. Dessa lista eu não gostava de nenhum, eu curti mto um joguinho de naves chamado Ikaruga, muito legal jogabilidade 10! Outro grande jogo era o Naruto, diferente da versão do concorrente sonysta esse jogo não destruía o controle! hehe

Procurando assim na doida eu não encontro mais jogos legais que me venham a mente no GameCube ao momento…

PLAYSTATION TWO

playstation2

Especificações técnicas
GPU
  • CPU : Emotion Engine de 128-bit
  • Frequência do clock do sistema: 294.912 MHz
  • Dimensão da memória do sistema: 32 MB RDRAM directa
  • Largura de banda do Bus de Memória: 3.2 GB por segundo
  • Co-processador FPU (acumulador de multiplicação de vírgula flutuante x 1, Divisor da vírgula flutuante x1)
  • Unidades de Vectorização: VU0 e VU1 (acumulador de multiplicação de vírgula flutuante x 9, Divisor da vírgula flutuante x 1)
  • Desempenho da vírgula flutuante: 6.2 GFLOPS
  • Transformação geométrica 3D CG: 66 milhões de polígonos por segundo
  • Descodificador de imagens comprimidas: MPEG2

Sintetizador gráfico

  • Frequência do clock: 147.456 MHZ
  • VRAM Cache embutida: 4 MB
  • Largura de banda do Bus DRAM : 48 GB por segundo
  • Largura do Bus de DRAM: 2560 bits
  • Configuração dos pixéis: RGB Alpha Z buffer (24:8:32)
  • Máximo Rácio Polígonos: 75 Milhões de polígonos por segundo

Processador I/0

  • Núcleo do CPU: CPU da actual Playstation +
  • Frequência do clock: 33.8688 MHz ou 36.864 MHz (seleccionável)
  • Memória IOP: 32 MB
  • Sub Bus: 32-bit

Som

  • Número de vozes: 48 canais de som surround 3D
  • Memória da seleção de som: 2 MB
  • Freqüência de saída: Até 48 kHz (Qualidade de DAT)
  • Compatível com som multicanal (Dolby Pro Logic II) e DTS.

DVD

  • Tamanho máximo: 9 GB de camada dupla
  • Velocidade do Dispositivo: DVD-ROM: 4X velocidade próxima. CD-ROM: velocidade aproximada de 24X.

Interface

  • Universal Serial Bus (USB) x 2
  • Control Port x 2 MEMORY CARD slot x 2
  • Saída digital óptica
  • Adaptador de rede
  • Rede de cabo.

Dimensões e peso (Versão Slim)

  • Medidas: 38 cm x 23 cm x 10 cm
  • Peso Aproximado: 2.1 Kg

Temos um grande console aqui, o PS2, foi foda demais, demorei uns 10 anos para poder comprar com meu suado cash meu próprio, e digo com certeza, depois do meu SNES e do meu Mega esse foi o melhor investimento que eu já fiz, usar um HD para colocar os jogos e parar com as frescuras de dvd arranhado? Putz quem não gostaria disso! Ter um vídeo game que poderia conectar a internet para permitir jogos online? Seus desejos se realizaram!

Títulos simplesmente fodas como Final Fantasy XI, God of War 1 e 2, Guitar Hero, Mega Mans, Shadow of Colossus, GTA, Devil My Cry, até 2008 já existiam mais de 1600 jogos catalogados do ps2.

Taí um console que vale cada segundo, mesmo a sony tendo medo de investir em mudanças e ele ser uma versão chetada do ps1, mas ainda temos a qualidade de som e imagem que vem crescendo a cada geração, com uma tentativa de ter em cada jogo gráficos mais reais.

Até hoje ainda tenho o meu ps2, vira e mexe eu ainda dou uma jogadinha, apesar do pouco tempo que eu tenho… Mesmo sendo foda as houses ainda conseguiram fazer altas cagadas, como Okami, nossa senhora que jogo ruim!! Putaquepariu!! Desenhar usando o a analógico do controle? Ninguém merece…

XBOX

xbox-console

Chegamos ao ultimo console da sexta geração o console que foi tão aguardado, direto da empresa do nosso amigo Bill Gates, apresento o XBOX:

Especificações

CPU: Processador 32bits Intel baseado no Pentium III coppermine

  • Rodando a 733 MHz;
  • FSB: 133 MHz
  • Cache L2 de 128KB;
  • Equipado com o conjunto de instruções MMX e SSE;
  • Fabricado sob a tecnologia de 180 nm.
  • GPU: processador gráfico NV2A da Nvidia rodando a 233 MHz;
  • Memória: 64 MB (DDR SDRAM) rodando a 200 MHz;
  • Mídia: drive DVD 5x, disco rígido de 8.5 ou 10 GB dependendo do modelo. Ambos são conectados por um cabo IDE de 40 vias de PC;
  • Som: 64 canais 3D (até 256 vozes em estéreo) e dolby digital 5.1
  • Rede: 10/100-T Ethernet;
  • Performance gráfica: Estima-se que alcance uma performance de até 125 milhões de polígonos por segundo.

Um console extremamente poderoso, com altas tecnologias, mas com um quantidade de jogos que dá até raiva, poucos, muito poucos! Nem dá tanta vontade de comprar um se tu for olhar pela quantidade de jogos, mas depois tu vai analisar a qualidade e compra, quando tu coloca as mãos no controle outro ponto negativo, o controle é desconfortável, parece que a Microsoft resolveu repetir o que a Nintendo fez no N64 e colocou os controles horríveis.

O legal é que todos os jogos que saem para XBOX também tem sua versão para PC, e outra o controle do console também serve para ser usado no pc! No mínimo interessante. Alguns títulos que chamaram bem a atenção foram o Halo e o tal Combat Envolved (que eu nunca ouvi falar). Pois é eu não tenho muito o que falar um amigo meu tinha e eu nunca o vi feliz com seu console… Fora que para jogar na internet tinha que pagar a mensalidade, se tivesse feito o desbloqueio e tentasse jogar na internet o seu XBOX ficaria bloqueado e não poderia mas entrar na internet… Ou seja? Cervejaaaaaaaa!

Chegamos finalmente a ultima geração, os vídeo games mais atuais, vamos lá!

SETIMA GERAÇÃO

Nessa geração reinam os novos modos de armazenamento de mídia, como o Blue Ray, o HD TV, foi na mesma época que o mundo decidiu se a próxima geração de DVDs seria o Blue Ray ou o HD TV… Vamos lá!

XBOX360

05-13xbox_360

Especificações

CPU personalizada baseada no processador IBM PowerPC

  • Três núcleos simétricos em execução com 3,2 GHz cada
  • Duas operações de hardware por núcleo; seis operações de hardware no total
  • Uma unidade de vetor VMX-256 por núcleo; três no total
  • 256 registros VMX-128 por thread de hardware
  • Cache L2 de 1 MB

Desempenho matemático de jogos na CPU

  • 19,2 bilhões de operações de produto escalar por segundo

Processador gráfico personalizado da ATI (Xenos)

  • 10 MB de DRAM incorporado
  • Pipelines de shader programadas dinamicamente com ponto de flutuação paralelo de 96 saídas
  • Arquitetura de shader unificada
  • 500 MHz

Desempenho de polígonos

  • 500 milhões de triângulos por segundo

Taxa de Preenchimento de Pixels

  • Fillrate de 32 gigasamples por segundo usando 4x MSAA

Desempenho do shader

  • 96 bilhões de operações shader por segundo

Memória

  • 512 MB de 700 MHz GDDR3 RAM
  • Arquitetura de memória unificada

Largura de banda de memória

  • Largura de banda de barramento de interface de memória de 22,4 GB por segundo
  • 512 GB por segundo de largura de banda de memória para EDRAM
  • 43,2 GB por segundo de barramento front-side

Desempenho geral do sistema de ponto de flutuação

  • 2,4 Teraflop

Armazenamento

  • Disco rígido de 120 GB atualizável e removível
  • 12x DVD-ROM de camada dupla
  • Suporte de unidade de memória iniciando em 128 MB

Entrada/Saída

  • Suporte para até quatro controles sem fio
  • Três portas USB 2.0
  • Dois slots de unidades de memória

Áudio

  • Saída de som surround de múltiplos canais
  • Suporta 48KHz de áudio de 16 bits
  • 320 canais de descompressão independentes
  • Processamento de áudio de 32 bits
  • Mais de 256 canais de áudio

Essa nova geração veio marcada pelas novas tecnologias, mas entretanto temos aqui um vídeo game que eu realmente não me agrado de forma alguma, eu não sei acredito que a Microsoft não tem acertado a mão ao produzir os jogos do 360, saem poucos títulos e vira e meche sai um que realmente muda o cenário do próprio console, como aconteceu com Halo, todos que jogam Xbox 360 conseguem pagar um pau absurdo para Halo, não acho interessante jogos de FPS com controle mas isso é coisa minha…

Outro detalhe é que agora a Microsoft que está vendo que a guerra está ficando difícil resolveu apostar alto e comprar alguns títulos que antes eram exclusivos da Sony, como Street Fighter 4, Final Fantasy XIII e afins, será que esse console ainda vai nos surpreender? Eu não acredito!

PLAYSTATION 3

14_MVG_tec_playstation3

O mais novo console da Sony o tão falado PS3, custou quase 5 mil reais quando foi lançado no Brasil, não encontrei a lista de especificações da maquina ai, mas ele possui HD de 120, processador, roda Linux e ainda é possível plugar um teclado e mouse usb para navegar na internet, ou seja estamos falando de um pc? Não é um console mesmo…

Até agora o grande trunfo do Ps3 é sem duvidas o God of War 3, o jogo mais aguardado do console, acredito que nenhum jogo ainda tenha vendido o que o Kratos tem. No inicio o console começou fraco, a tecnologia Blue Ray era cara o que tornava o aparelho um absurdo de caro, entretanto a mídia diminuiu de valor e começou a ficar mais acessível, hoje custa em torno de 1000 reais, claro que isso não é baraaatoo mas está melhor que 5 mil de quando foi lançado…

Com poucos títulos o Ps3 tem apostado na idéia de lindos gráficos, controle sem fio, poder dar para o player um maior conforto para jogar, enquanto ele se diverte vendo “filmes” dos novos jogos. Demorou mais ou menos 3 anos para que o Ps3 ficasse estabilizado no mercado de games por conta da falta de jogos e do seu valor… Entretanto hoje está se tornando uma boa pedida. Eu compraria, desde o ps2 acredito que a Sony saiba bem o que está fazendo!

NINTENDO WII

nintendo_wii-300x300

Esse é o 5º filho da Nintendo, o Wii entrou no mercado da sétima geração prometendo uma inovação jamais vista, logo nos anúncios foram vistos que o vídeo game teria sensor de movimento, mas ninguém sabia como iria funcionar…

Cheguei a jogar bastante indo para a casa de amigos no Wii, achei bem legal no primeiro dia, fiquei bem cansado e com as mãos doloridas de tanto jogar o Wii Sports, mas depois caiu na rotina, o Zelda que era a promessa do vídeo game não me desceu a goela, o controle que tinha tudo para ser fodão, ficou com movimentos horizontais e verticais para executar os comandos… Em suma, o vídeo game é legal se você tem amigos, como sempre na Nintendo, jogos como Mario esqueci o nome onde você passeia por mapas usando dados e etc, é mais legal quando se joga com 4 ou mais pessoas, o Mario Kart idem, os gráficos do vídeo game decepcionam um pouco, para falar a verdade eles nem se compararam com o seus rivais o 360 e o ps3… Não que exista como comparar, mas nesse caso é tenso. O vídeo game continua com a proposta de jogos infantis e que “juntam amigos”.

Entre outros problemas o Wii mote não foi tão bem aceito e começaram a sair jogos que não era possível o seu uso, então foi feito um controle normal, o problema é que ele além de feio é desconfortável, pelo menos eu achei. Como a Nintendo não conseguiu boa parte dos direitos de muitos jogos resolveu inventar, e fez aquele jogo no estilo Marvel vs Capcom 2, só que com personagens do Japão, simplesmente o jogo é bem fraco cheio de bugs e personagens sem noção.

O ponto positivo é que como os gráficos não são tãooo cavalos então é possível jogar na internet da city com o vídeo game… É eu não compraria mesmo o Wii…

blessed_are_the_geek_tshirt-d2355288573005029267c6n_150

Queria pedir desculpas pelo tamanho do post, mas como falei estava pensando bem antes de escrever para não sair qualquer porcaria, eu sei que muitos gostam de vídeo game então comecemos a distribuir tapas em defesa do seu querido console!! hehe

Para finalizar eu jogo vídeo game desde a segunda geração por alguns anos de diferença eu não joguei o Odyssey 100, mas minha mãe jogou hauahuah

=D

É isso galera um abração!

15 Comentários »

  1. Fire Said:

    Carai, eu cheguei a ver meu primo jogando Alex Kid e Monica… 2 JOGOS muito fodas aheuaheuhea…. me lembro tbm de 1 vez q logo q tinha saido o N64 minha mae mandou eu escolher o Snes ou o N64, eu fikei com o Snes hauehuaehueah e nao me arrependo =D… mas curti muito o topico… pena q ainda nao tenha verba pra comprar meus videogames de ultima geração, por isso meu ps2 está aki do meu lado até hj =D

    O Magic e o Dota tao me sugando muito =/

    mas fazer o q =D

    mas é isso ae, RAPA me deu até vontande de axar akele jogo da monica… q tinha 1 coelho q se vc segurasse o botao de bater ele girava MTO FODA HAEUhAUEHuaHEUaHE

    • antimentor Said:

      Para os antigos existe os emuladores, é fácil de encontrar jogos de Master System em português para baixar, eu lembro do jogo da Turma Da Mônica, era muito muito massa mesmo!! o//

  2. Malak Said:

    *-* Parabéns skiner, foi como viajar no mundo das maravilhas!

    Mas sim, destaque para so consoles Super nintendo e Playstation 1! Apesar de nunca ter na vida nenhum desses dois consoles, sempre joguei bastante em houses. Até hoje ainda tenho emuladores dele no computador! *-* 8 e 16 bits e 32 bits ainda owna.

    Com essa ultima geração, e seus magnificos bits e pixels! O que axo, é, as empresas carecem de novos titulos viciantes quantos seus antecessores (SN e Play 1)… sendo muitos os remakes ou titulos plagiados!

    Mas mesmo assim excelente post skiner, gostei muito!

    Cara, no X-box360, esquece halo, *-* tenta Gear of War 2! aquilo que e tatica e fps! Mas nao me agrada nada joga em controle!

    • antimentor Said:

      Pois é ainda não joguei o Gear of War 2, só o 1, que por sinal é um puta jogão hein!! eu me vicio muito fácil!! hauahauhauha
      =D
      Hoje em dia temos carência de jogos viciantes porque ninguém mais tem tempo para ficar 99 horas na frente de uma TV, por isso jogos rápidos e interessantes!

  3. Senshin Mauricio Said:

    pora meu!!
    muito massa esse teu post!!!
    do caralho viajei por tempos ant5igos em ke nem era nascido!!!
    mas cm nunk tive uma bvoa renda familiar nunk comprei um video game….
    mas ganhei um da minha tia kuando eu tinha 9 anos ganhei um m,ega drive!!! porra velho apesar de simples ele era o caralho pra mim!!
    passei dias jogando sonic e monica e legmings direto!! so na base do café!!!!
    huahau😄

    e no 360 tu n gosto muito pq n xegou a ver outors jogos
    como por exemplo soul calibur, esse jogo eh fodaum!!!
    e eu prefiro o 360 ao ps3
    n me dei bem cm o ps3 axei o grafico peor do ke o do 360 e o controle sem fio as veses falha e eu n gostei….

    fora issso o post ta o caraio!!!!!

    • antimentor Said:

      Mauricio, adoro Soul Calibur e concordo contigo que é um puta jogaço, mas hoje em dia o Xbox vive em torno de Halo 3 ou é o 4, que já veio em português, dificilmente nas comunidades do 360 no orkut tu vai ver alguém falando de Soul Calibur ou de Guity Gear, e sim falando mais sobre o Halo, Gear of War 2, até mesmo sobre o GTA…
      Eu gosto mais dos gráficos do PS3 do que do 360, fora que o controle do 360 eu acho muito desconfortavel… =/
      Eu também tive um Megadriver nossa muito muito foda um dos melhores video games que já tiveram, 16bits contra 8bits e ainda assim brigavam pau a pau!! =D
      valeu pelo comentário Mauricio! =D

  4. Ronan Said:

    mais uma vez me surpreendendo com seus posts fodas e assuntos de muito interesse para muita gente!!
    com uma escrita bem simples de ler e intender…

    cara realmente a parte do snes e ps1 foram nostalgica… qase escorre um lagrima de felicidade. Joguei bastante nesses dois consoles! eu tinha um snes qando mlk. passava horas jogando e zerando todos os jogos q apareciam pela frente… idem para o ps1, mas esse eu nao tive o prazer de ter, mas vivia na ksa de amigos jogando e zerando os jogos q apareciam tbm…

    essa nova geraçao realmente faz agente se apoixonar pelos graficos, mas a falta de titulos novos e viciantes, torna eles um investimento nao tao bom, uma vez q os jogos pra eles tbm sao caros… =/

    vlws skiner mais uma vez pelo brilhante trabalho de trazer essas informaçoes q poucos tinham conhecimento, e essa viajem ao passado tao gostosa!!

    abraço.

  5. Natan Said:

    Muito foda o post skiner!!!
    Comecei no mundo dos videogames com o dynavision (q é qse igual um playstation 2 =D) como ele tinha 2 entradas, deu pra curtir jogos de NES tbm, era apaixonado por island 3!
    saindo daí eu fui pra geração 64, jogando raramente snes ou playstation. O maior motivo de ter feito muitas amizades no passado foi através das jogatinas de 4 pessoas no 64! No quesito de diversão em grupo, o 64 superou qlqr outro console na minha opinião… já para o jogador solitário não tinha muito, mas ainda existiram clássicos como o citado starfox 64 e the legend of zelda ocarina of time! Eu também nunk tive problema de desconforto com o controle do 64, já q os jogos eram adaptados pra utilizar tanto a cruz direcional ou a alavanca. Até hj eu acho estranho jogar fps sem utilizar o Z
    só espero um dia poder ter condições financeiras de ir acompanhando as novas gerações =D

    • antimentor Said:

      Realmente Natan, jogar em grupo o 64 era superior a qualquer console, entretanto se tu não tivesse amigos para jogar era um console com poucos jogos interessantes, claro Star Fox 64, Zelda e Maior 64 eram ótimos jogos solos, mas comparados com um Parasite Eve, Final Fantasy ou até mesmo com o God of War, o console ficava no chinelo… É a grande diferença que eu vejo hoje do Nintendo DS para o PSP, o DS tu pode jogar com uma galera e é muito divertido, entretanto tu se tu não tem muito tempo ou amigos tu compra um PSP e joga Dragoners Aerea, Final Fantasy Tactics, Final Fantasy Crisis Core e afins! =D

  6. Pretaaa Said:

    naum do post mais maior de grande logo…

    mas adoreii…. mt mt..

    aaaaahhhhhhhhhhhhhhh

    eu amo super nitendo!!!!!!!!!!!!!!!!

    o meu inda tah inteirinho.. axo q eu vou ateh ligar p matar a saudade agora que li..

    adoreii !

    xau.. fui..
    tenho que procurar minha fonte e meus cartuchos.. hehehehe

    bj0

  7. Tony Said:

    Oh! bem completo o post, muito bom!😄
    outro dia eu tava lendo sobre as gerações pra fazer aquele trabalho da revista xD … pena que eu não acompanhei desde a primeira, deve ter sido epic.
    To tentando me interar na 7º, ps3 ftw!

  8. makerlitium Said:

    Ei cara ficou faltando o Phantom System vc lembra??dava pra jogar Cabal, desse eu lembro e o master system eu jogava na loja do ponto frio no caminho da escola pra casa porque fiz amizade com o vendedor eu tinha uns 8 anos, ele me deixava jogar uns 15 minutos.kkkkk tempos de vacas magras. eu tive um atari 2600, um megadrive, um snes, um sega saturn, ps1, ps2, GBA, psp3000 e um xbox 360 e olha que nem gosto de video games, KKKKKK.
    Só não concordo com sua avaliação sobre o Xbox 360 ele é muito bom jogue splinter cell conviction pra vc ver como o console é bom. Muito bom o seu post cara parabens..

    • antimentor Said:

      Renato, realmente esqueci o Phantom System mesmo! Caramba como consegui esquecer Cabal??
      Então, eu já joguei no 360 mas eu realmente achei o console meio fraco, os titulos não me chamam muita atenção, não sei eu vou pegar um 360 e jogar o Splinter Cell para ver no que dá, farei o teste, mas depois que eu comprei o ps3 e a tv full hd eu acho dificil o 360 barrar os gráficos dele! =D
      Assim que eu tiver jogado bem eu te digo o que eu achei! =D

  9. lucas belo Said:

    cara na setima geração tu esqueceu um console chamado zeebo

  10. Dias Said:

    Belo post, discordo com crítica alguns da nintendo, nes foi console forte, tudo bem nintendo foi chico esperto fazer contrato 3th party ilegal exclusivos, mas nem todos era infantis, tinha jogos adultos, tanto foi berço sagas actuais ff, dragon quest, metal gear, ninja gaiden, castlevania, contra. N64 s coloca-s cd rom esmagava a psx, mas preferiu cartuxõ, com fins egoísmo perda lucro custa pirataria, escolheu sobrevivência da empresa continua bem vivo no presente, a custa cartuxõ e comando teve grande perda 2gêneros importantes jrpg e beat up mas foi console melhores plataformas e pioneiro fps na era 32bit 64bit, Gamecube mesmo fraco lucrou mais que xbox, esse deu sorriu falso dos 24milhões unidade vendidas contra 22milhões da gamecube, mas só foi fiasco teve bilhões dólares perdas, lucrou só graça halo2. E wii Soa som rato grunhir, mas tá 86milhões venda , e actual líder 7geração assustou 2 elefantes ps3 e xbox.


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: